WTCR2018: Estreia em Vila Real.

Adver­tise­ments
74 ORIOLA Pepe (ESP), Team Oscaro by Campos Racing, Cupra TCR, action during the 2018 FIA WTCR World Touring Car  Cup Race of Morocco at Marrakech, from April 7 to 8th - Photo Paulo Maria / DPPI
74 ORIOLA Pepe (ESP), Team Oscaro by Cam­pos Rac­ing, Cupra TCR, action dur­ing the 2018 FIA WTCR World Tour­ing Car Cup Race of Moroc­co at Mar­rakech, from April 7 to 8th — Pho­to Paulo Maria / DPPI

É ja este fim de sem­ana que o novo Campe­ona­to do mun­do de Tur­is­mos chega a Por­tu­gal. Sem a pre­sença em pista da nos­sa prin­ci­pal figu­ra de car­taz nes­ta área, Tia­go Mon­teiro, Vila Real não deixa de ter pilo­tos nacionais pre­sentes nas prin­ci­pais provas.

Dois Wildcards entregues a pilotos nacionais

during the 2017 FIA WTCC World Touring Car Championship race of Portugal, Vila Real from june 23 to 25 - Photo Paulo Maria / DPPI
dur­ing the 2017 FIA WTCC World Tour­ing Car Cham­pi­onship race of Por­tu­gal, Vila Real from june 23 to 25 — Pho­to Paulo Maria / DPPI

O Vila Realense Edgar Florindo e o Bracarense José Rodrigues rece­ber­am os dois Wild­Cards disponi­bi­liza­dos pela orga­ni­za­ção do campe­ona­to. Os pilo­tos foram escol­hi­dos pela Eurosport e pela FIA com base nos resul­ta­dos obti­dos no TCR Por­tu­gal, na pos­si­bil­i­dade de virem a inte­grar a tem­po inteiro o lote de pilo­tos do WTCR e no poten­cial mediáti­co que rep­re­sen­tam para esta pro­va.

Florindo sente-se orgul­hoso e muito moti­va­do para este novo desafio que con­sid­era ser o mais impor­tante da sua car­reira. Já José Rodrigues não é pro­pri­a­mente um estran­ho nes­tas andanças. Já venceu em Vila-Real em 2016 e con­seguiu um podio na sua úni­ca par­tic­i­pação no ETCC do ano pas­sa­do.

O pilo­to da Sky­walk­er Man­age­ment de Tia­go Mon­teiro, con­fes­sou que este era um son­ho de pequeno que ago­ra con­segue ver real­iza­do, fru­to de todo o tra­bal­ho desen­volvi­do por si e pelos que o apoiam.

O Retorno da Jocker Lap

Estrea­da no ano de 2017, no então WTCC, a Jock­er Lap é um con­ceito que se apli­ca a cir­cuitos citadi­nos (WTCC e WTCR) onde as pos­si­bil­i­dades de ultra­pas­sagens são dimin­u­tas.

A Jock­er Lap é obri­gatória para todos os pilo­tos e só pode ser real­iza­da após a ter­ceira vol­ta de cor­ri­da, em todas as cor­ri­das do pro­gra­ma do WTCR. No caso de Vila Real a Jock­er Lap situa-se na últi­ma cur­va (26 — Lado Esquer­do da Rotun­da).

O novo for­ma­to do WTCR é com­pos­to de 3 cor­ri­das e foi expli­ca­do na JLpress antes do iní­cio do campe­ona­to. No primeiro dia do even­to terão lugar uma qual­i­fi­cação e a primeira cor­ri­da e, no segun­do dia, uma qual­i­fi­cação real­iza­da em 3 fas­es e duas cor­ri­das. Na primeira cor­ri­da  do segun­do dia (segun­da cor­ri­da do fim de sem­ana) a grel­ha de par­ti­da será inver­ti­da no 10 primeiros lugares.

Ehrlacher chega a Portugal na liderança.

Yann Ehrlacher, #68 Honda Civic Type R, ALL-INKL.COM Munnich Motorsports |  Honda Pro Racing / David Noels
Yann Ehrlach­er, #68 Hon­da Civic Type R, ALL-INKL.COM Munnich Motor­sports | Hon­da Pro Rac­ing / David Noels

Yann Ehrlach­er que se estre­ou em Vila Real no ano pas­sa­do, onde o mel­hor resul­ta­do obti­do foi um 9º lugar na 1ª cor­ri­da, con­sid­era que o Cir­cuito de Vila Real é, a par do Cir­cuito da Guia , em Macau e de Nur­bur­gring Nord­schleife, das mais desafi­antes pis­tas por onde pas­sou. Ehrlach­er con­sid­era que, emb­o­ra lid­ere o campe­ona­to, ain­da é cedo para sen­tir a pressão dessa lid­er­ança, pelo que, estando con­tente com a lid­er­ança, o mais impor­tante é chegar ao final da tem­po­ra­da na frente e, para isso são necessários pon­tos.

O pilo­to do Hon­da Civic Type R da ALL-INKLL.COM Mün­nich Motor­sports tem uma van­tagem de 9 pon­tos para Yvan Muller e de 16 para Rob Huff

Fábio Mota não abdica de Vila Real.

Fábio Mota, Peugeot 308 Racing Cup #37
Fábio Mota, Peu­geot 308 Rac­ing Cup #37

O Pilo­to de Vila Nova de Gaia que este ano par­tic­i­pa na Peu­geot 308 Rac­ing Cup, vol­ta a Vila Real inte­gra­do na Super­car Series que vai cor­rer em con­jun­to com o TCR Por­tu­gal. O Peu­geot 308 Rac­ing Cup com­pete na cat­e­go­ria 2, classe 4.

Segun­do Fábio Mota, para além de toda a car­ga afec­ti­va que Vila Real acar­reta, o objec­ti­vo pas­sa por traz­er retorno aos seus patroci­nadores, uma vez que esta é uma cor­ri­da com forte impacto mediáti­co.

Clas­si­fi­cação actu­al do WTCR

Sai­ba Mais sobre o WTCR

Cir­cuito Inter­na­cional de Vila Real

Similar Posts: