PWC: Álvaro Parente passa por fim-de-semana difícil

Adver­tise­ments
RSS
GOOGLE
https://jlpress.com/noticia/pwc-alvaro-parente-passa-por-fim-de-semana-dificil-17968/
YouTube
INSTAGRAM
SOCIALICON

Alvaro Parente, K-pax Racing Bentley Continental GT3 #9. Via ComSegue
Álvaro Par­ente, K-pax Rac­ing Bent­ley Con­ti­nen­tal GT3 #9. Via Com­Segue

Álvaro Par­ente não teve uma pas­sagem fácil por Port­land, onde se
dis­putou a oita­va ron­da do Pirelli World Chal­lenge, não ten­do sequer
par­tic­i­pa­do na segun­da cor­ri­da do even­to dev­i­do a questões téc­ni­cas.
Ain­da assim, o por­tuguês está já a olhar para o futuro.

Via Com­Segue

O fim-de-sem­ana não começou da mel­hor for­ma para os home­ns da K-PAX Rac­ing, ten­do logo na primeira sessão de treinos-livres sofri­do difi­cul­dades téc­ni­cas que impedi­ram o pilo­to do Por­to e Andy Soucek de rodar. No entan­to, o duo do Bent­ley Con­ti­nen­tal GT3 número nove con­trar­i­ou a situ­ação e asse­gurou o quin­to lugar na grel­ha de par­ti­da para a primeira cor­ri­da.

Na pro­va de sába­do, Álvaro Par­ente arran­cou bem e esta­va a pres­sion­ar o quar­to clas­si­fi­ca­do, mas um prob­le­ma téc­ni­co acabou por o enviar para fora de pista, dan­i­f­i­can­do a frente do car­ro da K-PAX Rac­ing. Dev­i­do aos danos do motor, foi impos­sív­el que a máquina de Crewe fos­se recu­per­a­da a tem­po da cor­ri­da de domin­go. “Está­va­mos rápi­dos e pen­so que até poderíamos chegar ao pódio, mas uma questão téc­ni­ca atirou-me para fora de pista quan­do nego­ci­a­va um ‘esse’ rápi­do. Nada pude faz­er, fui um mero espec­ta­dor”, afir­mou desapon­ta­do.

Foi um fim-de-sem­ana difí­cil para o portuense e para toda a equipa K-PAX Rac­ing. Ain­da assim, Álvaro Par­ente apon­ta para o futuro. “Esperá­va­mos
chegar aqui e lutar pelo pódio, como temos feito nas últi­mas cor­ri­das e
de fac­to pen­so que tín­hamos anda­men­to para isso. Mas não tive­mos a
sorte do nos­so lado com prob­le­mas téc­ni­cos que nos foram prej­u­di­can­do ao
lon­go de todo o fim-de-sem­ana. A equipa esteve irrepreen­sív­el,
des­do­bran­do-se para resolver todas as situ­ações. Con­tu­do, não havia como
reparar o motor a tem­po da segun­da cor­ri­da. Foi uma pena, mas ago­ra
temos de nos con­cen­trar nas próx­i­mas cor­ri­das e voltar aos bons
resul­ta­dos que, como já demon­strá­mos, estão ao nos­so alcance”
, sub­lin­hou o por­tuguês.

A próx­i­ma ron­da do Pirelli World Chal­lenge real­iza-se nos próx­i­mos dias 13 a 15 de Agos­to, ten­do como cenário o cir­cuito de Utah.

Similar Posts: