Filipe Albuquerque 6º em Detroit

Adver­tise­ments
RSS
GOOGLE
https://jlpress.com/pt/artigo/filipe-albuquerque-6o-em-detroit-16773/
YouTube
INSTAGRAM
SOCIALICON
Filipe Albuquerque e Joao Barbosa, cadillac DPi-VR #5, Action Express Mustang Sampling | Photo Jose Mario Dias
Fil­ipe Albu­querque e Joao Bar­bosa, cadil­lac DPi-VR #5, Action Express Mus­tang Sam­pling | Pho­to Jose Mario Dias

Fil­ipe Albu­querque e João Bar­bosa foram 6º em Belle Isle, Detroit, na 5ª cor­ri­da do Weath­erTech Cham­pi­onship da IMSA. A cor­ri­da foi gan­ha pelos seus cole­gas da Action Express Rac­ing, Felipe Nasr e Eric Cur­ran, no Whe­len Cadil­lac DPi-V.R #31 que optou por uma estraté­gia de 2 par­a­gens na box.

Os por­tugue­ses foram 4º na qual­i­fi­cação que deu a pole a Pipo Derani no Nis­san #22 da Tequi­la Patrón ESM. Após um arranque bem suce­di­do Derani assum­iu o coman­do da cor­ri­da na frente dos dois Acu­ra do team Penske e do Cadil­lac #5 da Action Express com João Bar­bosa ao volante.

O Nis­san, ain­da sedo, acu­sou prob­le­mas e Derani foi obri­ga­do a vir à box, deixan­do o cam­in­ho livre para os 2 Acu­ra e para João Bar­bosa.

#7 Acura Team Penske Acura DPi, P: Helio Castroneves, Ricky Taylor | Photo LAT Images/Jake Galstad 2018
#7 Acu­ra Team Penske Acu­ra DPi, P: Helio Cas­tron­eves, Ricky Tay­lor | Pho­to LAT Images/Jake Gal­stad 2018

Aos 20 min­u­tos de pro­va, um dos Lexus da cat­e­go­ria GTD, bate no muro lat­er­al e obri­ga à primeira neu­tral­iza­ção da cor­ri­da, com entra­da de Safe­ty Car, para limpeza da pista.

Assim que as box­es são aber­tas, todos os pro­tóti­pos vão à box, com excepção de João Bar­bosa e Pipo Derani. Bar­bosa assume o coman­do da cor­ri­da que não voltou a largar até entrar na box para reabaste­cer e tro­car de pneus e pilo­to. Fil­ipe Albu­querque entra em pista na 12ª posição.

O tem­po em que Bar­bosa se man­teve no coman­do foi, aliás, um dos bons momen­tos da cor­ri­da, com a difer­ença para Derani sem­pre abaixo de um segun­do. Cá para trás as difer­entes lutas man­tinham o inter­esse ele­va­do da cor­ri­da.

Após Fil­ipe Albu­querque entrar na cor­ri­da, Derani vol­ta a sen­tir difi­cul­dades e cai na clas­si­fi­cação. Goikhberg no Red Drag­on #99, assume o coman­do, mas não por muito tem­po. Felipe Nasr no Cadil­lac DPi-V.R Whe­len Engi­neer­ing #31 da Action Express é o primeiro a reen­trar na Box. A equipa assum­ia uma estraté­gia difer­ente para os seus dois car­ros com duas par­a­gens para o car­ro #31 e ape­nas uma para o car­ro #5 de Joao Bar­bosa e Fil­ipe Albu­querqre.

Os dois Acu­ra do team Penske assumem a lid­er­ança da cor­ri­da, com Ricky Tay­lor no coman­do, car­ro #7, e Dane Cameron em 2º com o car­ro #6. O Cadil­lac #31 vem logo atrás no 3º lugar.

Felipe Nasr, Eric Curran; Cadillac DPi-V.R #31 Whelen Engineering, Action Express Racing | Photo Jose Mario Dias
Felipe Nasr, Eric Cur­ran; Cadil­lac DPi-V.R #31 Whe­len Engi­neer­ing, Action Express Rac­ing | Pho­to Jose Mario Dias

Chega­do o momen­to dos Acu­ra virem à box o car­ro #6 é o primeiro e aca­ba por ced­er a posição ao Cadil­lac #31 de Felipe Nasr. O Acu­ra #7, com Ricky Tay­lor nos coman­dos, entra na box e para além de reabaste­cer, tro­ca de pneus. Este fac­to, fê-lo perder mais algum tem­po e, con­se­quente­mente a 1ª posição para o Cadil­lac DPi-V.R # 31 da Action Express Rac­ing.

Fik­lipe Nasr, não mais largou a lid­er­ança da cor­ri­da enquan­to cá para trás Fil­ipe Albu­querque se batia com prob­le­mas de con­sumo, ven­do-se obri­ga­do a baixar o rit­mo para chegar ao fim da cor­ri­da. Ain­da assim o pilo­to por­tuguês con­seguia segu­rar o 5º lugar que, da for­ma como as coisas estavam, era sufi­ciente para man­ter a lid­er­ança do campe­ona­to.

Na últi­ma vol­ta, o Maz­da #77 que seguia em 4º, pára a meio da pista sem com­bustív­el. Fil­ipe Albu­querque sobe ines­per­ada­mente para a 4ª posição, mas a menos de 500m do final da cor­ri­da, é ele que fica sem gasoli­na e aca­ba por imo­bi­lizar o Cadil­lac a 300m da lin­ha de chega­da, aca­ban­do por cair para o 6º lugar. Ain­da assim a posição con­segui­da foi sufi­ciente para que a dupla por­tugue­sa saia de Detroit na lid­er­ança do campe­ona­to.

Na classe GTD os Acu­ra NSX GT3 foram reis e sen­hores com Kather­ine Ledge e Mario Farn­bach­er a vencerem a cor­ri­da no car­ro #86. Marks e Aschen­bach, no car­ro #93 ficaram em segun­do e o Lam­borgh­i­ni Hura­can #48 da Paul Mil­er Rac­ing, com Sell­ers e Snow ao volante, ocupou a ter­ceira posição.

#86 Michael Shank Racing with Curb-Agajanian Acura NSX, GTD: Katherine Legge, Mario Farnbacher | Photo LAT Images/Jake Galstad 2018
#86 Michael Shank Rac­ing with Curb-Aga­jan­ian Acu­ra NSX, GTD: Kather­ine Legge, Mario Farn­bach­er | Pho­to LAT Images/Jake Gal­stad 2018

Tabela de Clas­si­fi­cação após Detroit — Belle Isle

Similar Posts: