Formula 1: Vettel vence Bahrain Grand Prix

Adver­tise­ments
RSS
GOOGLE
https://jlpress.com/pt/artigo/formula-1-vettel-vence-bahrain-grand-prix-11591/
YouTube
INSTAGRAM
SOCIALICON
Sebastien Vettel, Ferrari SF71H #5.
Sebastien Vet­tel, Fer­rari SF71H #5.

O Barhain Grand Prix será lem­bra­do pela aprox­i­mação final de Valt­teri Bot­tas no Mer­cedes AMG F1 W09 EQ Pow­er+ #77, ao Fer­rari SF71H #5 de Sebastien Vet­tel,  mas a real­i­dade é que a cor­ri­da do Bahrain teve mais histórias para con­tar.

Qualificações: Verstappen e Hamilton relegados para a confusão.

Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W09 EQ Power+ #44
Lewis Hamil­ton, Mer­cedes AMG F1 W09 EQ Pow­er+ #44

As sur­pre­sas começaram antes das qual­i­fi­cações, quan­do se soube da penal­iza­ção de 5 lugares na grel­ha apli­ca­da a Lewis Hamil­tom, por ter tro­ca­do a caixa de veloci­dades do Mer­cedes AMG F1 W09. Na mel­hor das hipóte­ses o britâni­co teria de sair de sex­to na grel­ha o que tor­na­va a sua cor­ri­da bem mais difí­cil. Hamil­ton clas­si­fi­cou-se em 4º na Q3 e com isso sairia da 9ª posição.

As qual­i­fi­cações tam­bém fiz­er­am estra­gos. Ver­stap­pen que esta­va muito rápi­do, perde a tra­seira do car­ro e vai embat­er com a frente nos rails, a cer­ca de 5 min­u­tos do final da Q1. O pilo­to da Red­Bull ain­da pas­sa à Q2, mas fica-se pelo 15º lugar na grel­ha quan­do tin­ha condições para ficar entre os 4 primeiros. Ain­da a dis­cussão da pas­sagem à Q2, com Alon­so e Gros­jean a faz­erem exac­ta­mente o mes­mo tem­po, mas o espan­hol foi o primeiro a pas­sar na meta, logo pas­sou à fase seguinte enquan­to Gros­jean teve de ficar por ali. Na Q3 Hamil­ton fica-se pelo 4º tem­po, enquan­to os Fer­raris ocu­pam a 1ª lin­ha da grel­ha com Vet­tel em primeiro. Hamil­ton vai sair da nona posição e vê as sua hipóte­ses muito lim­i­tadas.

Gros­jean sai de 16º, Ver­stap­pen de 15º e Hamil­ton de 9º. Três pilo­tos do primeiro terço da grel­ha, rel­e­ga­dos para o meio da con­fusão.

Bahrain Gran Prix, Max Verstappen vs Lewis Hamilton | Photo Red Bull Content Pool
Bahrain Gran Prix, Max Ver­stap­pen vs Lewis Hamil­ton | Pho­to Red Bull Con­tent Pool

RedBull fora da corrida

O sinal ver­mel­ho apa­ga-se e logo o Mer­cedes de Hamil­ton aparece do meio da grel­ha. Bot­tas faz um bom arranque e con­segue pas­sar Raikko­nen. Vet­tel faz o que lhe com­pete e segu­ra a 1ª posição. No meio da grel­ha algu­mas rixas. Perez, Force India #11, leva um toque do Toro Rosso de Hart­ley e faz um peão na cur­va 4, mas não há reg­is­to de que alguém ten­ha fica­do pelo cam­in­ho. Mais tarde  o pilo­to da Toro Rosso sofre uma penal­iza­ção de stop-and-go de 10s. No final Hart­ley ter­mi­nar­ia em 12º com ape­nas 0,027s de van­tagem sobre o mex­i­cano.

Ver­stap­pen con­segue chegar-se a Hamil­ton e ten­ta passá-lo. Os car­ros tocam-se e Ver­stap­pen fura o pneu tra­seiro esquer­do. Hamil­ton pas­sa incólume, mas ver­stap­pen fica com a sus­pen­são dan­i­fi­ca­da e aca­ba por desi­s­tir umas voltas mais tarde. Entre­tan­to Ric­cia­r­do, no out­ro Red­Bull, vé o car­ro desli­gar-se… prob­le­ma eléc­tri­co. Ao aus­traliano res­ta-lhe encostar e esper­ar por mel­hores dias.

Começam as tro­cas de pneus. A Fer­rari tro­ca para pneus macios (amare­los), numa estraté­gia de duas par­a­gens. Por seu turno, a Mer­cedes está numa estraté­gia de uma par­agem ape­nas. Bot­tas, o primeiro a tro­car, sai da box com pneus médios (bran­cos) e mais tarde, Hamil­ton faz o mes­mo.

Raikkonen atropela mecânico

Raikkonen recolhe Às boxes após ter atropelado mecênico da Ferrari.
Raikko­nen recol­he Às box­es após ter atro­pela­do mecêni­co da Fer­rari.

Chega a vez de Raikko­nen faz­er a segun­da par­agem. O mecâni­co da roda tra­seira esquer­da tem difi­cul­dades em tirar a roda e, antes que o faça, o sis­tema dá sinal verde a Raikko­nen que pronta­mente arran­ca atro­pelando o mecâni­co.  A cor­ri­da do fin­landês ter­mi­na ali. O mecâni­co é encam­in­hado para o hos­pi­tal. Suposta­mente o sis­tema “assum­iu” que a roda já tin­ha sido tro­ca­da, quan­do de fac­to ela nem tin­ha saí­do, e deu luz verde a Raikko­nen que, nat­u­ral­mente se fez à pista… Saudades do “lol­ly­pot men”!

Hamil­ton está a faz­er uma cor­ri­da extra­ordinária. Após a desistên­cia de Raikko­nen, ascende ao 3º lugar. Para trás ficou provavel­mente aque­la que será con­sid­er­a­da a ultra­pas­sagem do ano. Hamil­ton na rec­ta da meta ultra­pas­sa de uma só vez, Alon­so, Cocon e Hulkem­berg. O próprio con­fes­sou-se sur­pren­di­do. A manobra não era para ser bem assim, mas quan­do deu por ela, já tin­ha ultra­pas­sa­do três de uma vez. A dis­tân­cia que o sep­a­ra do primeiro é demasi­a­do grande para que chegue mais longe, mas o 3º lugar aca­ba por ser um bom resul­ta­do e são pon­tos ameal­ha­dos.

Vettel salva Ferrari in-extremis

Sebastien Vettel, Ferrari SF71H #5 | Photo by Scuderia Ferrari
Sebastien Vet­tel, Fer­rari SF71H #5 | Pho­to by Scud­e­ria Fer­rari

A Fer­rari, ago­ra com um só car­ro, muda de estraté­gia e Vet­tel não vol­ta a tro­car pneus. O ger­mâni­co está com pneus macios e vai ter de os poupar para chegar ao fim. Bot­tas, com pneus médios em muito mel­hores condições vê a opor­tu­nidade de vencer a cor­ri­da. O pilo­to da Mer­cedes gan­ha entre meio a um segun­do por vol­ta a Vet­tel e, no final da penúl­ti­ma vol­ta, quan­do na rec­ta da meta a difer­ença para o Fer­rari lhe per­mite acionar o DRS, o Mer­cedes cola-se ao adver­sário, mas não pas­sa. A manobra cus­ta-lhe algum tem­po e Valt­teri Bot­tas não con­segue faz­er nova ten­ta­ti­va. A Fer­rari sal­va-se in-extrem­is.

Pierre Gasly, Toro Rosso Honda #10 | Photo by F1
Pierre Gasly, Toro Rosso Hon­da #10 | Pho­to by F1

Uma últi­ma palavra para Pierre Gasly, Toro Rosso Hon­da. Um tra­bal­ho extra­ordinário que lhe valeu o tit­u­lo de pilo­to de For­mu­la 1 do dia e o 4º lugar final, na frente de Mag­nussen (Haas), Hulkem­berg (Renault) e Alon­so (McLaren).

Similar Posts: